A hemodiálise é um processo mecânico que consiste em ltrar e depurar o sangue, retirando dele as substâncias que trazem prejuízo ao organismo. Esse processo é utilizado por pessoas que são portadoras de insu ciência renal e que necessitam fazer a puri cação via externa. É feita através de uma máquina e um dialisador, onde o sangue é retirado do organismo e levado até o dialisador para que seja filtrado e retorne ao organismo limpo. Sua qualidade em relação à limpeza sanguínea é similar ao rim humano em funcionamento normal.

Com o aumento do número de pacientes em tratamento dialítico e de sua sobrevida, acumularam evidências que permitiram correlacionar os contaminantes da água com efeitos adversos do procedimento. Tais contaminantes podem ser de origem mineral ou biológica.

A água usada em Hemodiálise pode ser origem de Endotoxinas ( ou Lipopolissacarídios ) que causam várias respostas siológicas agudas , como febre , calafrios , cefaléia , mal-estar , mialgias , náuseas , bocejos , coagulação de dialisador, mas também podem determinar complicações a longo prazo , como caquexia e amiloidose , além de contribuir para sub-diálise.

Também a água utilizada no reuso de dialisadores pode ser fonte de contaminação por Endotoxina, que por adsorção adere às paredes internas das bras capilares, por onde circula o sangue . Assim , mesmo com o uso de substâncias bactericidas na solução de reuso, a Endotoxina pode permanecer aderida à membrana de diálise e ser liberada para o sangue , durante a próxima sessão.

Legislação

A3Q é acreditado junto aoINMETRO (ABNT NBR ISO/TEC 17025) e realiza todas as análises conforme determinação da RDC Nº. 154, DE 15 DE JUNHO DE 2004, que estabelece o regulamento técnico para o funcionamento dos serviços de diálise.

Água Potável: água com características físico-químicas e biológicas em conformidade com o disposto na Portaria GM/MS nº 2914 de 14 de dezembro de 2011.

A água utilizada na preparação da solução para diálise nos serviços deve ter a sua qualidade garantida em todas as etapas do seu tratamento, armazenagem e distribuição, mediante o monitoramento dos parâmetros microbiológicos e físico-quimico, assim como, dos próprios procedimentos de tratamento.

Análises realizadas conforme determinação da RDC nº 154 de 15 de junho de 2004

Água potável

As análises de água potável devem ser realizadas mensalmente. Esta análise também deve ser realizada a qualquer momento que ocorrer manifestações pirogênicas ou suspeitas de Septicemia nos pacientes.

Coliforme totais

Coliformes termotolerantes ou Escherichia coli Pseudomonas aeruginosa

Enterococos Heterotro cas

Clostridium perfringens pH

Cor

Turbidez Cloro

Água Tratamento / Reuso

As análises microbiológicas devem ser realizadas mensalmente e as análises de metais devem ser realizadas semestralmente. Esta análise também deve ser realizada a qualquer momento que ocorrer manifestações pirogênicas ou suspeitas de Septicemia nos pacientes. Heterotró cas ,Coliformes totais ,Endotoxina .Pseudomonas aeruginosa ,Enterococos ,Clostridium perfringens ,Nitrato,Alumínio ,Cloramina Cloro ,Cobre ,Fluoreto ,Sódio ,Cálcio, Magnésio,Potássio, Bário, Zinco, Sulfato, Arsênio, Chumbo, Prata, Cádmio, Cromo, Selênio, Mercúrio Berílio, Tálio,Antimônio

Água do Dialisado – Máquina

As análises de água de diálise devem ser realizadas mensalmente. Esta análise também deve ser realizada a qualquer momento que ocorrer manifestações pirogênicas ou suspeitas de Septicemia nos pacientes.

Heterotro cas Coliformes totais

Pseudomonas aeruginosa Enterococos

Clostridium perfringens

Metodologias

Standard methods for the examination of water and wastewater. Diretiva 98/83/CE

wastewater. Diretiva 98/83/CE

USP – United States Pharmacopia