Terapia inovadora em hemodiálise possível com o dialisador THERANOVA com uma performance que vai mais além da hemodiafiltração online com a simplicidade de uma técnica de hd, para todos os doentes

Baxter, líder no tratamento da insuficiência renal crónica, lançou a sua mais recente terapia de hemodiálise, a hemodiálise HDx, que utiliza um dialisador inovador que se adapta à diálise convencional, com uma membrana e design inovadores que permite uma filtração mais próxima da função renal natural(1,2).

Apesar da evolução registada ao longo dos anos nos tratamentos de hemodiálise, os doentes com insuficiência renal crónica em fase avançada continuam a apresentar dificuldades em eliminar as toxinas urémicas, sobretudo as grandes médias moléculas com peso molecular superior a 15 kDa e as ligadas às proteínas. “Esta nova terapêutica vem dar resposta a uma necessidade real e que tem implicações na saúde dos doentes a longo prazo. A grande inovação desta terapêutica reside no facto de permitir a eliminação de moléculas que não são possíveis de remover com os tratamentos de diálise disponíveis. Uma forte semelhança com a membrana do rim humano permite a purificação do sangue de uma forma mais eficiente”,afirma Laurent Juillard, médico nefrologista e diretor do Serviço de Nefrologia e Diálise dos Hospitais Civis de Lyon, Universidade de Lyon, França.

O perfil de filtração possível com a terapêutica HDx é o mais próximo da função natural do rim

Atualmente, existem terapêuticas de hemodiafiltração como a hemodiafiltração on-line  que permitem uma maior eliminação destas toxinas porque infundem grandes quantidades de fluido ultrapuro. Contudo, a aplicação deste tratamento implica custos mais elevados e um grau de especialização maior por parte dos profissionais de saúde.

Em alternativa, como revelam diversos estudos(3), a terapêutica HDx permite obter resultados semelhantes à hemodiafiltração on-line na remoção de médias moléculas, com a vantagem de que podem ser obtidos através da utilização de monitores de hemodiálise convencional. O dialisador THERANOVA possui uma membrana inovadora que permite uma eliminação mais eficaz das moléculas médias e de maior dimensão quando comparadas às membranas de alto fluxo(2,3).

Para Filipe Granjo Paias, Diretor Geral da Baxter Portugal, “a introdução da terapêutica de hemodiálise HDx da Baxter nas unidades de saúde permite o acesso dos doentes a cada vez melhores tratamentos de hemodiálise, com um aumento considerável da sua qualidade de vida”.

E acrescenta: “Ao mesmo tempo, a facilidade de implementação da terapêutica HDx nos hospitais e centros especializados é mais um passo na garantia de sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde, já que não requer aumento de custos nem equipas complementares”.

Esta terapia de hemodiálise convencional tem uma eficácia semelhante à hemodiafiltração on-line

design do dialisador permite uma melhor depuração de toxinas de peso molecular elevado, sem eliminar quantidades significativas de albumina(3,4). Dois ensaios clínicos realizados demonstraram que a utilização deste dialisador permite reduzir a concentração de pequenas moléculas como a creatina e a ureia; médias moléculas convencionais como a beta-2m e grandes médias moléculas como a mioglobina. Além disso, os ensaios clínicos demonstraram também que se mantiveram os níveis de albumina no sangue, uma proteína essencial ao organismo(5).

A terapêutica de hemodiálise HDx está indicada para doentes que necessitem de um aumento da eliminação de toxinas urémicas de maior dimensão e que não tenham acesso à hemodiafiltração on-line(1).

Sobre a Baxter
A Baxter é uma empresa de produtos médicos renais, hospitalares e de medicamentos essenciais para a vida, incluindo tratamentos de diálise tanto em centros como em casa; soluções estéreis intravenosas; sistemas de dispositivos de perfusão; nutrição parentérica; produtos de biocirurgia e anestésicos; assim como sistemas informáticos e serviços de automatização farmacêutica. A presença mundial da empresa e a natureza vital dos seus produtos e serviços têm um papel essencial no acesso da população aos cuidados de saúde. Está presente em Portugal há mais de 20 anos, emprega cerca de 100 profissionais e está sedeada em Sintra, onde possui escritórios e um dos maiores armazéns de medicamentos do país, com uma superfície de 4400 m2 e capacidade para 3.700 paletes.

Referências Bibliográficas:

[1]. Boschetti-de-Fierro A, et al.MCO membranes:Enhanced Selectivity in High-Flux Class. Scientific Reports (2015); 5: 18448

[2]. Krause B, et al. Polymeric Membranes for Medical Applications.Chemie Ingenieur Technik (2003); 75 (11): 1725-1732

[3]. Kirsch A, et al. Large Middle Molecule Removal During Hemodialysis Using A Novel Medium Cutoff Dialyzer. ERA-EDTA 2016, Abstract SP416

[4]. Krieter D, et al. Clinical Performance of Medium Cutoff Hemodialysis versus High-Flux Hemodialysis and High-Volume Hemodiafiltration. ERA-EDTA 2016, Abstract MP464

[5]. Teatini U, Romei Longhena G, ASST Rhodense, Nephrology and Dialysis unit, Garbagnate Milanese (MI), ITALY. A short-term report of HD treatments with the new dialyzers Theranova, Abstract #MP538.

Fonte : portaldadialise