Ideologia
A Associação Brasileira de Enfermagem em Nefrologia – SOBEN é uma instituição científica e cultural, sem fins lucrativos, constituída por enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem que atuam na área de nefrologia.
Fundada no dia 14 de outubro de 1983 durante o 1 º Seminário de Diálise e Transplante na cidade do Rio de Janeiro, RJ, a Sociedade tem como principal objetivo aperfeiçoar a assistência de enfermagem prestada aos pacientes portadores de insuficiencia renal.
Sua história começou em 1976, quando um pequeno grupo de enfermeiros que trabalhava em diálise e transplante renal  se reunia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade São Paulo – HC/FMUSP.
Nessas reuniões improvisadas no HC/FMUSP, o grupo se dedicava ao estudo de temas científicos e fundamentos técnicos, mas já existia em cada membro a ideia de fundar um centro de especialistas como os já existentes na Europa (European Dialysis and Transplant Nurses Association – EDTNA) e USA (American Nefrology Nursing Association)

Missão

A missão da SOBEN é lealdade e transparência dos objetivos propostos e a idealização de uma assistência de enfermagem eficiente e digna aos pacientes renais do Brasil. Uma Idéia Arrojada
Em outubro de 1995 a SOBEN criou o Departamento de Especialização e Títulos para Enfermeiros em Nefrologia – DETEN, composto por oito enfermeiros mestres e especialista O DETEN, responsável por todas as titulações assinadas pela SOBEN, desenvolveu o Nefromódulo (Programa de Educação Continuada para Enfermeiros em Nefrologia – Ensino à qual é reconhecido pelo Conselho Federal de Enfermagem – COFEN.

Novas Conquistas

Pelo fato de não possuir uma sede, as reuniões da diretoria da SOBEN – até o ano de 1996 – foram realizadas em endereços extra-okciais, improvisados.
O primeiro endereço oficial da SOBEN aconteceu em 1997, na Av. Faria Lima, 1620, conj 911, Pinheiros, São Paulo. Em 1998 a Sociedade adquiriu sua sede própria, que é o seu na Av.Brigadeiro Luiz Antônio, 2466, conj. 63 – Jardins – São Paulo.
As dificuldades enfrentadas pelas gestões bienais foram administradas com o esforço, a aspiração e a dedicação de cada membro da diretoria, como também dos profissionais da nefrologia que, com persistência, sempre se empenharam em estabelecer as bases da Sociedade.

Maior Respeitabilidade

À medida que os projetos da Instituição eram concluídos e alcançavam resultados positivos – o nome da SOBEN conquistava maior respeitabilidade no meio científico da enfermagem desses acertos a Sociedade acabou se firrmando como um órgão progressista e cultural.
Baseada nessa conceituação e com o aval de outras Sociedades importantes no cenário brasileiro da Enfermagem em Nefrologia, a SOBEN pleiteou no ano de 1999, direito a voto Técnica do Ministério da Saúde, órgão que determina as normas e procedimentos que norteiam a assistência prestada ao renal crônico no Brasil.
No dia 10 de junho deste mesmo ano a SOBEN teve a anuência do Ministério da Saúde – MS, cujo responsável era o ministro senhor José Serra, e foi aceita como membro do Comi
Assessor para a Organização da Assistência aos Pacientes Portadores de Doenças Renais – CTA, com direito a voto.

Estatuto

A SOBEN nasceu da constância, da lealdade com seus fins, da seriedade e da indiscutível transparência dos objetivos propostos e máxime da inabalável crença de uma legião de ide
assistência de enfermagem eficiente e digna para os pacientes renais do Brasil, motivos esses mais do que suficientes para justificar a existência desta instituição, “Associação Brasileira de Enfermagem em Nefrologia”, a qual se regulará pelas disposições contidas no presente Estatuto, conforme páginas seguintes:
Título I – Da denominação, finalidade e sede
Título II – Da admissão, demissão e exclusão dos associados
Título III – Do modo de constituição e funcionamento dos órgãos deliberativos e administrativos
Título IV – Das eleições
Título V – Das fontes e recursos para sua manutenção
Título VI – Das disposições gerais e transitórias
Clique aqui para visualizar o Estatuto Social em conformidade ao Novo Código Civil Brasileiro.
Primeira Diretoria (Gestão 1984/1985/1986)
Eurinilce Xavier de
Lima Presidente
Antonia da Graça
Silva Vice-Presidente
Severina Barbosa
Lima 1ª Secretária
Maria Aparecida Fadil
Romão 2ª Secretária
Francisco
Fioravante 1º
Tesoureiro
Paulo Francisco R.S.
Senteio 2º Tesoureiro
Conselho Fiscal:
Cecilma Miranda
Regina Celia Silva
Daisy Doris Pasqual
Creuza Dias
João Soares Dias Neto